Calços para camiões e carrinhas: estacionamento seguro!



Desligue o motor, aplique o travão de mão e o veículo de transporte está seguro? O legislador tem uma opinião diferente e tornou os calços obrigatórios na logística dos transportes. E com razão: durante o carregamento e descarregamento de mercadorias ou em superfícies particularmente irregulares, um veículo pode começar a rolar mais rápido do que gostaria. Os calços são a solução rápida e fácil.



Quais e quantos calços tenho de levar comigo?



Todos os veículos com um peso bruto admissível igual ou superior a 4 t devem ter calços para as rodas. Para cada reboque de dois eixos com peso igual ou superior a 750 kg, também é necessário possuir calços para o reboque. Um trator deve ter dois calços a bordo, e mais dois por atrelado ou semirreboque.



Em princípio, a dimensão nominal dos calços deve corresponder ao diâmetro da roda e estes devem ser facilmente acessíveis num suporte previsto para o efeito, mas ao mesmo tempo firmemente fixados. Para mais informações, consulte o art. 41 do Código da Estrada Alemão.



De acordo com este regulamento, os camiões também são controlados. Se aqui forem encontrados defeitos no material ou na quantidade dos calços, o condutor é inicialmente responsável – como é habitual com a fixação da carga.



Por esta razão, o seu pessoal de transporte deve ser sempre encorajado a verificar o acondicionamento da carga de acordo com uma lista de verificação clara antes de iniciar a viagem. Em caso de emergência, isso economiza altos custos e atrasos na entrega.



Plástico ou metal: de que material os calços devem ser feitos?



Ambas as variantes têm suas vantagens e desvantagens: o plástico é muito amigo dos pneus e da estrada e também barato. No entanto, a capacidade de carga e a resistência do material são limitadas. O metal tem aqui a vantagem, que por sua vez custa mais e coloca maior tensão na estrada e no material do pneu.



Como sempre acontece com a fixação da carga: respeite os regulamentos e certifique-se de que seleciona os calços exatamente de acordo com o veículo e a carga. Para veículos ligeiros ou carrinhas, os calços de plástico são geralmente suficientes; o metal é quase indispensável para um semirreboque.